Riberinhos e Mundurukus frente ao Complexo Tapajós

No 10/12/2015 por Minguarana emUncategorized | 0 Comentários

O rio Tapajós é o lar de comunidades tradicionais que levam séculos ou milênios, morando nas suas margens. Seus modos de vida tradicionais, em estreita harmonia com a natureza que fornece as necessidades da vida, estão actualmente em cheque.

Em resposta à ameaça do Complexo Hidrelétrico de Tapajós, comunidades diferentes começar a estabelecer uma frente comum de resistência. O primeiro passo é compartilhar informações, como uma defesa contra a estratégia corporativa de dividir e isolar uns dos outros aos atingidos por projetos de industrialização na região.

Este vídeo foi gravado na aldeia Munduruku Sawre Muybú em outubro de 2013, quando equipes de pesquisadores estavam protegidos por soldados que realizam trabalhos de inventário biológico e geológico na área sem a permissão de seus habitantes.

Deixe um comentário

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

Puedes usar las siguientes etiquetas y atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>